A realidade dos vídeos online

02/06/2018 | Notícias

A realidade dos vídeos online

A internet multiplicou milhares de vezes o alcance e o efeito das produções audiovisuais

O vídeo sempre encantou as pessoas. Desde os tempos do cinema mudo, milhares de pessoas se reuniam para ter toda a sensação da luz, do brilho e da magia das imagens em movimento. O tempo passou, surgiram VHS, DVD, Blu-Ray, e o fascínio das pessoas pelo audiovisual só aumentou. Com a internet, os vídeos definitivamente se revolucionaram!

Neste texto comentaremos sobre as tendências e o crescimento dos vídeos na internet, e porque sua empresa DEVE investir em vídeos corporativos online.

Desde 2005, com o surgimento do Youtube, o audiovisual ganhou uma nova cara. Ele passou a ser menos desenvolvido para ser encaixado em uma grade de TV ou em um disco para execução doméstica, e passou a ser pensado para a internet: um consumo “bufferizado” (carregado aos poucos, instantaneamente), caracterizado por uma recepção muito mais ativa – a pessoa procura pelos vídeos, diferentemente da TV, que basta sentar e ver, mas ao mesmo tempo irregular – os vídeos podem (ou não) ser acessados a qualquer hora do dia.

Com o passar dos anos, o Youtube foi permitindo maior qualidade e facilidade nos uploads, de olho também no dinheiro que a publicidade poderia trazer para o site, visto que o público da plataforma aumentava (e ainda aumenta) dia após dia, se tornando um tremendo sucesso financeiro para o Google e uma de suas principais ferramentas de comunicação.

Com essas novas características de fidelidade do público, as empresas começaram a notar que era importante dominar esta ferramenta e migraram para “a rede social dos vídeos” – é raro que uma empresa não possua, dentre suas estratégias de divulgação, um canal no Youtube. Algumas destas possuem uma comunicação de muita eficácia, gerando milhões de acessos orgânicos – ou seja, sem que seja necessário pagar para patrocinar a divulgação daquele conteúdo por parte do site.

Mais recentemente, o mercado todo percebeu que vídeos na internet dão dinheiro, especialmente nas redes sociais. Não faz muito tempo que o Facebook passou a aceitar vídeos em sua timeline, fáceis de comentar, compartilhar e mostrar aos amigos. O Instagram e o Twitter, mais recentemente ainda, também viram que esta era uma boa forma de engajar ainda mais os usuários e promover a divulgação de conteúdos de seus parceiros, anunciantes e usuários, e também “deram um jeito” de atualizar suas plataformas e exibir vídeos de boa qualidade.

De olho na boa recepção que os vídeos estavam tendo por parte dos usuários, as redes deram um jeito de aumentar ainda mais a execução e o público dos vídeos: começar a execução das peças audiovisuais automaticamente sem a solicitação do usuário! Com isso, há uma chance ainda maior de o internauta se interessar por aquele conteúdo, ativar os sons e assistir o vídeo até o fim.

A propósito, as redes sociais são a tendência e, provavelmente, o futuro dos vídeos. Basta ver o número de visualizações das películas nas mídias sociais – em muitos casos, são milhões de acessos a mais do que no próprio Youtube! Portanto, não deixe sua empresa de fora: invista em vídeos corporativos para divulgar sua marca na internet!

Como os consumidores Empresariais usam o Vídeo Online

Você também vai gostar de ler

edicao-de-video-astronautas-produtora-de-filmes

04.09.2019 | Notícias

Edição de vídeo: dicas de especialistas

Ter vídeos criativos e bem produzidos da sua empresa pode impulsionar a sua estratégia de marketing.

Saiba Mais